Convenção traz debates sobre desenvolvimento territorial na América Latina - CAR

Convenção traz debates sobre desenvolvimento territorial na América Latina

07/11/2017

Convenção Preparatória para o Fórum Internacional de Desenvolvimento Territorial

A Convenção Preparatória para o Fórum Internacional de Desenvolvimento Territorial teve seguimento, nesta terça-feira (07), em Salvador, com o objetivo de receber contribuições conceituais e metodológicas dos fóruns anteriores e da experiência latino-americana na implementação de políticas públicas com enfoque territorial.

A programação contou com um painel sobre os 10 anos de políticas de desenvolvimento territorial no Estado da Bahia, apresentado pelo diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Wilson Dias: “A convenção preparatória vai nos remeter à internacionalização desse debate. Estão reunidos pesquisadores, cientistas e academia, mas também extensionistas rurais e um conjunto das pessoas e instituições que trabalham no meio rural do Brasil, para que a gente possa aprofundar temas relacionados ao desenvolvimento local e promover. assim, a qualificação das políticas públicas que nós executamos no dia a dia”.

Wilson Dias destacou ainda que a Bahia inovou em uma série de programas que têm sido referência para todo o país, especificamente com a política de desenvolvimento territorial e a organização de 27 territórios de identidade, além da criação dos colegiados territoriais e da elaboração de um plano territorial de desenvolvimento: “Juntamos diversas instituições para discutir e debater o que convém às potencialidades locais, para que as pessoas que ali residem possam ter o aumento de melhoria da sua qualidade de vida, ampliação de renda, desenvolvimento de novos negócios”.

No segundo dia do evento, foram apresentados dois outros painéis: a nova concepção de ruralidade, enfoque territorial e políticas públicas diferenciadas para o desenvolvimento rural no Brasil, pelo professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Sérgio Leite; e os avanços e limitações nos programas de desenvolvimento rural com enfoque territorial no Brasil, pela professora de Universidade de Brasília (UNB) e coordenadora da Rede Brasileira de Pesquisa e Gestão em Desenvolvimento Territorial – RETE, Mireya Valencia.

Também fizeram parte da programação sessões de trabalho no âmbito do Painel América Latina, onde foram apresentadas as experiências latino-americanas na implementação de políticas públicas diferenciadas, com o enfoque territorial, em alguns países da região, destacando temas comuns e particulares de cada país. Entre os painéis, foi apresentado pelo consultor, do IICA e da FAO, em desenvolvimento rural, territorial e Coordenador da Rede de Gestão Territorial para o Desenvolvimento Rural do México, Rafael Echeverri, o tema Diferenças e semelhanças na implementação de políticas públicas de desenvolvimento rural com enfoque territorial na América Latina.

Para Echeverri, estão sendo tratados elementos comuns das estratégias brasileiras e outros países da América Latina: “Estamos trazendo os elementos mais fortes que são similares e aqueles que por contextos nacionais são diferentes. Na estratégia territorial, a começar com o processo de democratização em nossos países, o fundamental é ter a maior democracia política e econômica. A estratégia territorial é uma das importantes políticas públicas para desenvolver o território e contribuir, em primeiro lugar, nos espaços de execução dessas políticas”.

 

15100848145 15100848146 15100848147

Enviar notícia para amigo

PROJETOS

  • 120x90
  • logo120x90-01
  • agua para todos

MULTIMÍDIA

  • VÍDEOS
  • ÁUDIOS
  • FOTOS
  • MATERIA MARCIONILIO SOUZA 060416 JS 0329 [Download]

  •