Cooperativa da agricultura familiar participa de intercâmbio nos Estados Unidos - CAR

Cooperativa da agricultura familiar participa de intercâmbio nos Estados Unidos

05/10/2017

A Cooperativa de Produção Agropecuária de Jiló (Coopag), do município de Várzea Nova, localizado no Território de Identidade Piemonte da Diamantina, está representada em um intercâmbio que começa nesta quinta-feira (05), nos Estados Unidos. A iniciativa, que terá duração de nove dias, tem como objetivo visitar laticínios, feiras/exposições agropecuárias e propriedades rurais de produtores de leite, para conhecer novas tecnologias e inovações nos modos de produção utilizados naquele país. Entre os destinos que serão visitados pelo grupo estão os estados de Wisconsin e Illinois.

De acordo com o vice-presidente da Coopag, Fred Jordão, fazem parte da comitiva empresários do ramo de laticínios e representantes do Governo do Estado. Ele conta que já teve a oportunidade de conhecer um laticínio com produção de um milhão e meio de litros de leite por dia, de uma cooperativa da Alemanha: “Eu fiquei encantado com o tamanho da indústria e visitei a maior feira de alimentos do mundo, que tem o segmento de laticínios e queijos”.

O vice-presidente ressalta que as expectativas são as melhores possíveis: “Agora eu tenho a oportunidade de conhecer novas tecnologias aplicadas nas indústrias dos Estados Unidos e estou com boa expectativa para ver como um país de primeiro mundo produz, como eles trabalham e investem, para voltar com um boa bagagem de conhecimento e tentar colocar em prática o que a gente conhecer lá”.

A iniciativa foi idealizada pelo Sindicato das Indústrias de Laticínios e Produtos Derivados do Leite do Estado da Bahia (Sindileite BA), e concretizada com o apoio do Centro Internacional de Negócios (CIN), vinculado à Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB).

A Coopag, que possui atualmente 250 cooperados, vem sendo apoiada pelo Governo do Estado nos últimos anos nas áreas de infraestrutura, com investimentos que já ultrapassam R$ 1 milhão, em equipamentos que aumentaram a capacidade do laticínio de cinco mil litros/dia para 50 mil litros/dia, além de possibilitar a diversificação da produção com a fabricação de queijo, manteiga e iogurte.

As famílias dos cooperados foram beneficiadas ainda com entrega, no primeiro semestre de 2017, de 30 mil mudas de frutíferas, produzidas na Biofábrica.

Enviar notícia para amigo

PROJETOS

  • 120x90
  • logo120x90-01
  • agua para todos

MULTIMÍDIA

  • VÍDEOS
  • ÁUDIOS
  • FOTOS
  • MATERIA MARCIONILIO SOUZA 060416 JS 0329 [Download]

  •