Pular para o conteúdo principal

Investimentos no semiárido baiano geram impactos positivos na vida de agricultores familiares

“Os investimentos realizados pelo Governo da Bahia impactam na melhoria da qualidade de vida dos agricultores familiares em todos os sentidos, não só pelo fato de gerarem trabalho e renda para as famílias, mas também na formação dos agricultores e acesso deles a políticas públicas”, declarou a presidente da Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), Denise Cardoso, fazendo um balanço sobre das ações realizadas pelo Governo da Bahia, por meio do Pró-Semiárido, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Só nos últimos dois anos, por meio do Pró-Semiárido, foram investidos quase R$ 4 milhões na construção da unidade agroindustrial polivalente para o beneficiamento de frutas da agricultura familiar na região semiárida baiana. Com a implantação da agroindústria, a produção que era de 200 toneladas ao ano, teve a capacidade ampliada para 800 toneladas/ano.

A Coopercuc possui atualmente 271 cooperados sendo beneficiados diretamente com as ações, mas, indiretamente, são mais duas mil famílias sendo atendidas com os serviços de assistência técnica e extensão rural (ATER), além das inúmeras famílias envolvidas na coleta das frutas e na comercialização dos produtos.

Apesar de serem comercializados em maior quantidade na Bahia, os produtos da Coopercuc já podem ser encontrados em quase todos os estados do Nordeste, a exemplo de Pernambuco, Sergipe, Rio Grande do Norte, além de Minas Gerais, São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro.

Os produtos já chegaram a outros países por meio da participação em feiras e exposições internacionais, a exemplo do Terra Madre, evento realizado na Itália. A cooperativa está em fase de negociação com empresas da Alemanha para a comercialização de polpas de frutas.

Desde 2011, a cooperativa vem trabalhando em parceria com o Governo da Bahia e recebeu diversos investimentos, que incluem dois caminhões, apoio para a realização do Festival do Umbu e para a comercialização da produção, buscando novos mercados, ou por meio da participação em feiras e exposições agropecuárias nacionais e internacionais.

“Os investimentos do governo estadual, por meio da SDR/CAR, fortalecem o trabalho da Coopercuc e significam muito para o desenvolvimento das famílias, no fomento de ações, como para a diversificação dos sistemas produtivos, contribuindo para o fortalecimento d agricultura familiar e da organização da Coopercuc nas comunidades”, destacou a presidente da Coopercuc, Denise Cardoso.

As geleias, doces, compotas e cerveja de umbu estão entre os 25 produtos orgânicos, com Selo da Agricultura Familiar, fabricados na unidade agroindustrial. Já estão sendo desenvolvidos outros produtos com umbu, maracujá da caatinga, manga e acerola, a exemplo das polpas de frutas, néctar e sucos concentrados.

Pró-Semiárido
O Pró-Semiárido é o resultado de um acordo de empréstimo entre o Governo do Estado e o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), com foco na superação da pobreza rural. O projeto atua, prioritariamente, em comunidades rurais de 32 municípios do sertão baiano com ações de ATER, fomento às atividades de segurança hídrica e de produção sustentável, agroindustrialização e comercialização da produção, entre outras ações.