CAR - Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional

Produzir

02/07/2013

PRODUZIR

O Programa Produzir está em fase de encerramento, porém, continua realizando o acompanhamento da execução dos convênios. O programa integrou uma proposta mais ampla de combate à pobreza rural implementada pelo Banco Mundial e governos estaduais da região Nordeste do país e foi executado no Estado da Bahia desde 1996. Com o objetivo de reduzir as desigualdades regionais, criar emprego e renda e melhorar a vida das populações mais pobres, o programa financiou projetos comunitários nas áreas social, de infraestrutura e produção. Os recursos financeiros foram do Banco Mundial e do Governo do Estado e toda a coordenação técnica foi de responsabilidade da CAR.

O Produzir III foi uma continuidade das ações do PRODUZIR II, com alguns aperfeiçoamentos, no que diz respeito a sua operacionalização, com ênfase na abordagem integrada com outros programas governamentais voltados para o desenvolvimento rural sustentável do Estado.

Suas ações envolveram 840 projetos nas áreas de infraestrutura, de apoio a Educação e Cultura, Saúde e Saneamento e projetos de Geração de Emprego e Renda, dentre os quais, podem ser destacados a implantação de sistemas de abastecimento de água, a construção de pontes, melhorias sanitárias, módulos de feira, casas de farinha, unidades de beneficiamento de leite, aquisição de tratores com implementos e a construção de cisternas domiciliares.

O PRODUZIR III teve como objetivo promover a inclusão socioeconômica da população rural pobre, através da implantação de projetos de infraestrutura e de geração de ocupação e renda, mediante financiamento não reembolsável de pequenos investimentos comunitários que contribuam para a redução da pobreza rural e o aumento do Índice de Desenvolvimento Humano – IDH.

O programa teve como meta a implantação de 2.500 projetos comunitários, que beneficiaram cerca de 250.000 famílias rurais pobres em 407 dos 417 municípios que compõem o estado da Bahia, com exceção apenas de 10 cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS). Foram investidos recursos da ordem de US$ 75,00 milhões, sendo US$ 54,35 oriundos de Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial e o restante de contrapartida do Governo do Estado e da participação dos beneficiários.

O Produzir integrou as ações do Programa Vida Melhor, do Governo da Bahia, um conjunto de estratégias que busca incluir socioprodutivamente, pelo trabalho decente, até 2015, pessoas em situação de pobreza e com potencial de trabalho na Bahia, com vistas à sua emancipação.

 

 Projeto Bahia Produtiva vai substituir o Programa Produzir 

 

Bahia Produtiva: Avanço na erradicação da pobreza

 

Promover o desenvolvimento rural sustentável com o fortalecimento da agricultura familiar e economia popular, baseado nos princípios da agroecologia, infraestrutura sócioprodutiva, inserção nos mercados e seguranças alimentar e hídrica. Esses são alguns dos objetivos do novo Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável – Bahia Produtiva.

O projeto, com lançamento previsto para o segundo semestre desse ano, é resultado de um acordo entre os governos federal e estadual, por intermédio da CAR, empresa da Sedir, e o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento ou Mundial (BIRD) e integra uma estratégia do governo estadual para redução das desigualdades e superação da pobreza em todo o estado.

O Bahia Produtiva sucede o programa Produzir, que está concluindo, no primeiro semestre de 2014, a última de suas quatro edições. Desde 1996, o programa, executado pela CAR, atuou no desenvolvimento das comunidades de 407 municípios do estado, através da implantação de projetos voltados ao meio rural, beneficiando diretamente cerca de 1 milhão de famílias de agricultores familiares, jovens e mulheres rurais, assentados da reforma agrária e comunidades quilombolas e indígenas.

Resultados como a inclusão social e econômica das populações em situação de pobreza do meio rural e formação do capital social, observados por estudos de avaliação de impacto do Produzir, foram alguns dos fatores que credenciaram o governo estadual a propor o Bahia Produtiva. O projeto visa melhoria das condições de vida de milhares de famílias baianas, através de um constante diálogo entre a sociedade civil e poder público.

A atuação do novo projeto abrangerá todos os Territórios de Identidade do estado, exceto a capital baiana, atendendo 416 municípios. Com um investimento total de US$ 260 milhões, serão beneficiadas 150 mil famílias com ações na agricultura familiar (94.215), quilombolas (12.111), indígenas (3.232), reforma agrária (20.468) e economia popular (19.974).

 

Enviar notícia para amigo

PROGRAMAS

  • NOMES PROGRAMAS_120X90_PRODUZIR
  • NOMES PROGRAMAS_120X90_GENTE
  • NOMES PROGRAMAS_120X90_MATABRANCA
  • NOMES PROGRAMAS_120X90_QUILOMBOLAS
  • NOMES PROGRAMAS_120X90_VIDA MELHOR
  • NOMES PROGRAMAS_120X90_AGUA

MULTIMÍDIA

  • VÍDEOS
  • ÁUDIOS
  • FOTOS
  • projeto gente de valor promove intercâmbio entre projetos apoiados pelo FIDA no Nordeste do Brasil [Download]

  • ENCONTROQUILOMBOLAS [Download]